As fotos do Figueiredo

55

As fotos do Figueiredo constituem um dos principais acervos de registro histórico do bairro e merecem o credito, conforme reza a lei e a ética em tempos de redes sociais

Antes da fundação oficial do Jardim Amanda com a abertura do loteamento, esse território já contava suas histórias. A presença das pessoas eram marcadas pela sede da fazenda Bela Vista com suas plantações criação de animais como gado e cavalo, e algumas moradas aqui e acolá.

A beira da fazenda, a rodovia Campinas-Monte Mor, principal via de ligação à fazenda, e o que é agora um dos bairros mais populosos do Estado de São Paulo. Mais adiante, a cidade Sumaré, que por muito tempo abrigou a região e o território de Jacuba. Vem a emancipação e Hortolândia ganha status de município. O Jardim Amanda já populoso, e com todo tipo de problemas vai encontrando seu caminho. Gente de todas as partes do Brasil se encontraram para construir e desenvolver o que é hoje esseBrasilzão.

Parte dessa história foi e ainda é contada por pessoas que se preocuparam em registrar cada fase dessa trajetória, principalmente através de fotografias. A grande maioria das imagens antigas do bairro que hoje circula nas redes sociais é do fotografo Renato Figueiredo. Certamente temos no anonimato moradores que também registraram esse desenvolvimento. O bairro deve a esses moradores uma consideração por terem contado para todos a história desta comunidade. Muito do que se sabe é por força dessas imagens fotográficas. Dar a eles o devido crédito, não é só uma questão legal, mas ética.

A informação é um bem social que contribui com a formação e instrução do individuo. Tratá-la com honestidade intelectual é um dever e gesto de cidadania. Fica aqui a gratidão por essa contribuição a população do bairro e da cidade. Obrigado Renato Figueiredo

Luciano Medina

Fotos: Renato Figueiredo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui